top of page

5 documentários para assistir na Netflix

Todo mundo gosta de um bom documentário, né? Aquela história que prende a respiração, que surpreende e que, em certos momentos, pode até parecer aquela ficção que não tem nenhum traço da realidade. Pensando nos amantes fiéis desse gênero, separamos 5 documentários para assistir na Netflix! E tem para todos os gostos!



O Dilema das Redes, de Jeff Orlowski


O quanto da sua vida está exposto nas redes sociais? A gente quase não percebe, mas ao longo dos nossos dias vamos informando aos nossos seguidores (e a quem mais quiser acessar o nosso perfil) a nossa rotina, gostos, amigos, preferências e muito mais. Todos esses dados não ficam armazenados e escondidos em uma pasta, eles são vendidos para empresas que usam o meio online como forma de negócio. Bem, essa é a premissa do documentário “Dilema das Redes”. Nele, especialistas em tecnologia fazem um alerta importante para a sociedade atual.


Professor Polvo, de Pippa Ehrlich e James Reed



Emocionante e sensível. “Professor Polvo” foi uma das produções mais comentadas do último ano e, inclusive, recebeu o Oscar de Melhor Documentário em Longa Metragem no ano de 2021. O filme mostra a relação entre um cineasta e um polvo. Isso mesmo, você não leu errado. As imagens foram captadas em uma floresta de algas na África do Sul e detalham essa relação um tanto quanto inusitada. As cenas são belíssimas e nos despertam um pensamento muito importante sobre o nível de consciência dos animais, independente da espécie.


Indústria Americana, de Julia Reichert e Steven Bognar


Mais um vencedor do Oscar. “Indústria Americana” ganhou destaque por ser o primeiro filme lançado com o selo da produtora de Michelle e Barack Obama. Tratando de um assunto bem indigesto, o longa mostra a implementação de uma fábrica chinesa nos Estados Unidos e os conflitos culturais que isso causa entre os trabalhadores. Embora denso – e em alguns momentos um pouco monótono – ele traz uma reflexão importante sobre a precarização do trabalho, os altos níveis de desemprego e como isso afeta os países mais e menos desenvolvidos.



Elena, de Petra Costa



Talvez esse seja um dos documentários mais sensíveis e impactantes que eu assisti. Em “Elena”, a cineasta Petra Costa – famosa pelo incendiário “Democracia em Vertigem” – fala sobre o falecimento da sua irmã. A jovem Elena cometeu suicídio. A sensibilidade e, ao mesmo tempo, sinceridade em que a diretora trata do assunto faz com que o minutos passem lento enquanto você se conecta com as dores da Elena, da família, dos amigos, da animada Nova Iorque que foi palco de uma perda irreversível. O assunto, que ainda é um tabu, ganha um tom sombrio, mas ao mesmo tempo acende um alerta: o quanto estamos preparados para lidar com a vida e com a morte?


Eu comecei e terminei de assistir o documentário em meio às lágrimas, mas valeu totalmente a pena!


Minha História, de Nadia Hallgren


Por último, não podíamos deixar de incluir um documentário que foi muito esperado e que trouxe um novo olhar sobre a vida de uma das personalidades mais importantes atualmente, a ex-primeira dama dos EUA Michelle Obama. No longa, além de trazer momentos importantes da história de Michelle, a cineasta Nadia Hallgren acompanha Michelle durante a turnê de lançamento do seu livro, de mesmo nome, e traz cenas e depoimentos inéditos e bem comoventes. É um mergulho profundo na jornada que ela percorreu até se tornar uma personalidade de grande relevância, principalmente, para as mulheres negras dos Estados Unidos.



Bônus: documentários sobre artistas


Taylor Swift, Lady Gaga, Ariana Grande, Travis Scott, Paralamas do Sucesso, Chorão, Britney Spears, Emicida, Nina Simone, Shawn Mendes, Angèle, AnaVitória, Queen e muuuito mais!



____


Listas com dicas selecionadas sobre filmes, séries, músicas, livros e peças teatrais. É nessa categoria que você descobre sugestões do que assistir nas plataformas de streaming ou o que fazer em um dia atoa em casa.

Comments


bottom of page