BIPRIDE: 10 influenciadores que falam abertamente de bissexualidade!

Em comemoração ao mês de Junho, que é o mês do Orgulho LGBTQIA+, nossas listas abordarão essa temática para celebrar e trazer reflexões sobre o assunto. A primeira nos apresentou algumas das boas representações que as lésbicas tiveram no entretenimento indo de Sense8 até Greys Anatomy. Nossa próxima lista irá falar sobre a terceira letra da sigla, a que representa aqueles que muitas vezes são ignorados: os bissexuais.


Foto: Reprodução / Pinterest

A bissexualidade muitas vezes é vista como um “brincadeira” ou ainda como uma “fase” necessária para nos descobrirmos. Entender e assumir nossa sexualidade já é uma tarefa difícil, mas para os bissexuais isso é mais difícil ainda. O senso comum nos ensina que só existem duas opções: “ou você gosta de homem ou mulher” e gostar dos dois é sinal de indecisão. É como se ser bissexual fosse um cinza em contraste numa escala de preto e branco que representa ser heterossexual ou homossexual. Por estar no “meio termo” os bissexuais podem sofrer preconceito e discriminação de ambos os lados. A bifobia (o ódio e a discriminação contra pessoas bissexuais) pode se manifestar através de piadas intencionais, falta de credibilidade ou a partir de insultos.


Até que uma pessoa bissexual consiga entender o que sente de fato, muitas batalhas são travadas internamente. O debate sobre bissexualidade ainda é raso e na maioria dos casos, antes que a pessoa consiga se assumir como bissex, ela ignora os desejos que sente e é praticamente obrigada a optar por apenas um deles, já que foi ensinada assim. Para ajudar com o debate sobre o assunto, reunimos dez influenciadores que falam abertamente disso e todos têm algo em comum: a bissexualidade. Além de te apresentar esses influenciadores, separamos vídeos dos mesmos onde contam sobre suas experiências e descobertas.


Preta Araújo


Preta Araújo é paulistana, mora na zona norte de São Paulo e já estudou Pedagogia e Rádio e TV. Em suas redes sociais, ela aborda temas relacionados a fotografia, feminismo, questões sociais e é claro, sua sexualidade.


Mari Morena


Mari Morena é influencer e empresária. Nas suas redes sociais ela aborda temas relacionados com beleza, veganismo, sexualidade e questões sociais.


Clara Aguilar


Clara Aguilar além de influencer é DJ e já foi camgirl e ex-BBB. Desde quando entrou no reality, Clara vem trazendo debater sobre a bissexualidade ao se relacionar com outra participante no programa.


Larissa Vaiano


Larissa Vaiano é formada em marketing e cinema. Em suas redes sociais, ela fala de sustentabilidade e autoconhecimento. Após o divórcio de um casamento com um homem, ela se descobriu como uma mulher bissexual e contou isso em seu canal no Youtube.


Ellora


Ellora é influenciadora e aborda assuntos relacionados ao feminismo, sexualidade e questões sociais. Em diversos vídeos no seu canal do Youtube, ela fala sobre o processo de se descobrir como bissexual.


Be Moraes


Be Moraes é bissexual e cristã. Em suas redes sociais ela retrata a vida e os preconceitos que uma pessoa da comunidade LGBTQIA+ vive dentro do meio religioso.


Dora Figueiredo


Dora Figueiredo é influenciadora e se descobriu bissexual no ano passado (2019) e desde então fala em suas redes sociais sobre o assunto e também sobre amor próprio, saúde mental e empoderamento.


Haruyuki


Haruyuki é influenciador e por ter ascendência brasileira e japonesa, aborda assuntos sobre os dois países em suas redes sociais. Além disso, ele também fala sobre sexualidade e cultura pop.


Klébio Damas


Klébio Damas é influenciador e usa suas redes sociais para abordar temas como cultura LGBTQIA+, viagens e cultura pop.


Lucas Santos


Lucas Santos é influenciador e fotógrafo. Em suas redes sociais ele aborda temas como sua sexualidade, autocuidado, moda e empoderamento.


Hoje, a bissexualidade é um pouco mais aceita do que anos atrás, mas ainda assim os bissexuais sofrem preconceitos e desafios por assumirem sua sexualidade. Conhecer influenciadores que falam sobre o assunto pode nos ajudar a nos descobrir ou ainda a entender melhor porque precisamos apoiar TODXS da comunidade LGBTQIA+. Porque mesmo que muitos finjam que o “B” não exista, ele está ali e precisa de tanto apoio e orgulho quanto as outras letras da sigla.


____

Listas semanais com dicas selecionadas sobre filmes, séries, músicas, livros e peças teatrais. É nessa categoria que você descobre sugestões do que assistir nas plataformas de streaming ou o que fazer em um dia atoa em casa.