6 conteúdos sobre o universo bruxo livres de transfobia

Por Jéssica Riquena e Victoria Rohan


O mês das bruxas já está entre nós e, acreditando ou não, a verdade é que as fantasias e histórias que permeiam esse universo foram ponto de partida para várias produções incríveis. Uma das histórias mais famosas sobre bruxos e que trouxe um novo universo em que feiticeiros e trouxas coexistem é a saga de Harry Potter.



Infelizmente, nos últimos anos, a autora dos livros - que deu origem a vários outros produtos - se mostrou extremamente transfóbica em diversas situações e mantém o discurso mesmo com diversas críticas aos seus comentários. A série de livros fez parte da infância e adolescência de muitas pessoas e a história foi, para muitos, um lugar de abrigo incrível. Mas, por outro lado, é muito decepcionante ter uma pessoa com tantos pensamentos antiquados e preconceituosos lucrando com o consumo dos produtos.


Leia também: Orgulho trans: 10 artistas transexuais para conhecer e enaltecer


Pensando nisso (e também porque somos apaixonadas por esse universo e adoramos consumir conteúdos sobre), separamos algumas indicações de conteúdos sobre o universo bruxo para você consumir sem dar dinheiro para a transfóbica.


O Mundo Sombrio de Sabrina (2018-2020)


Imagino que essa seja uma indicação um pouco óbvia, mas não tinha como a gente não indicar esse seriado. A produção, que ganhou 4 partes na Netflix, é uma adaptação dos quadrinhos da editora Archie Comics – que já ganhou uma adaptação audiovisual na década de 90. Na trama descobrimos a história de Sabrina, uma adolescente metade bruxa e metade humana que precisa lidar com toda a carga que essa “dupla identidade” traz.


A nova versão veio com vários pontos que a conectam com um mundo mais atual e trouxe muito mais representatividade. Além de maior diversidade no elenco, o seriado dá destaque para um personagem trans. Na trama, Theo (Lachlan Watson) é um garoto transgênero que vai se descobrindo e se entendendo ao longo da trama. A escolha de quem interpretaria esse personagem também foi super acertada, Lachlan é não-binário e passou por todo esse processo de descobrimento, o que possibilitou trazer uma carga muito verdadeira para tudo que o Theo estava vivendo.


Onde assistir? Netflix



Abracadabra (1993)


Esse clássico dispensa apresentações, né? O filme conta a história do jovem Max Dennison que ao se mudar para a sombria cidade de Salem, acaba libertando um grupo de bruxas que moravam em sua casa muitos anos antes. Para impedir que elas se tornem imortais, o jovem, sua irmã, Dani, e sua nova amiga, Allison, precisam roubar o livro de magia das bruxas.


Uma boa notícia para os fãs do clássico é que uma continuação já está sendo filmada e trará o trio principal – Bette Midler, Sarah Jessica Parker e Kathy Najimy – para a frente das telas novamente. Agora basta esperar o lançamento em 2022 para reviver essa história mais do que nunca!


Onde assistir? Disney+


Leia também: Qual a melhor "Convenção das Bruxas": o original ou o remake?


Trilogia Sevenwaters, de Juliet Marillier


Nossa indicação literária vai para a Trilogia Sevenwater, da autora neozelandesa Juliet Marillier. O primeiro livro é o “Filha da Floresta”, seguido por “Filho da Sombra” e “Filha da Profecia”. Na trama conhecemos a Sorcha, a sétima filha de um sétimo filho. Cercada de misticismo, a personagem acaba responsável por quebrar a maldição que assola a sua família, mas para isso ela precisará abrir mão de seu relacionamento com Red, um forte guerreiro.


Embora a trama não traga bruxos com varinhas e feitiços, a conexão com a floresta e com a natureza, de forma geral, faz com que a personagem principal desenvolva sim um certo tipo de magia. Tudo isso fica mais evidente na continuação da trama e nos desfechos da história.




Mas se você é uma potterhead que não quer abandonar o mundo de Hogwarts por causa do elo emocional, a gente tem solução pra você também. Tem muita gente (não problemática rs) por aí produzindo conteúdo sobre o universo de Harry Potter para você ainda manter a conexão com a magia sem dar palco para a transfóbica. E a gente separou alguns aqui para você.


Caldeirão Furado, canal do YouTube


O canal “Caldeirão Furado” é comandado por Caco Cardassi e em 2020 alcançou a marca de canal do YouTube sobre o universo de Harry Potter mais seguido do mundo. Lá você encontra vídeo de tudo que você possa imaginar, como novidades, teorias, dúvidas, curiosidades. Caco começou comentando sobre os livros em grupos de fãs pela internet, mas sentia falta de um conteúdo mais complexo. Foi daí que começou a fazer vídeos para o YouTube e, bem, deu certo. Hoje o canal conta com 1,29 milhão de inscritos. Ele também está presente no Instagram e no Twitter, redes em que interage mais com os demais fãs da saga.




@lupazos, perfil no TikTok


Se você já se rendeu ao TikTok e não tem mais paciência para vídeos longos, pode ficar tranquila que lá tem conteúdo bruxo para a gente também. A tiktoker Luana Pazos tem 1,2 milhão de seguidores e faz vídeos curtos bem engraçados sobre o universo de Harry Potter. Tem diálogos imaginários entre os personagens, como cada um reagiria a determinada situação, meme, dublagem… Basicamente, tudo que o TikTok tem de melhor. A Luana também tem um canal do YouTube, onde fala sobre literatura também, e um perfil no Instagram.


Semanário dos Bruxos, podcast


Mas se você é daquelas que ama um podcast, já conhece o Semanário dos Bruxos? Esse é o podcast do famoso site Potterish, o maior portal dedicado à série Harry Potter da América Latina. O programa é apresentado por Pedro Martins, editor-chefe do Potterish, e Marina Anderi, gerente de marketing do site, e ganha novos episódios toda terça-feira. Eles falam de tudo um pouco, como personagens e temas específicos, curiosidades, debatem teorias e às vezes contam com convidados também fãs da franquia. Para não ficar de fora, você pode seguir o site no Instagram também.


Leia também: 5 podcasts que você precisa conhecer



_____


Listas com dicas selecionadas sobre filmes, séries, músicas, livros e peças teatrais. É nessa categoria que você descobre sugestões do que assistir nas plataformas de streaming ou o que fazer em um dia atoa em casa.