Lista: 5 filmes da sua infância com personagens femininas fortes

Ah, a nossa infância! Aquela fase mágica em que assistir a um filme era um passatempo que nos transportava para um mundo novo em poucos minutos. Durante toda a minha infância assistir a filmes sempre foi uma paixão incontrolável (durante a adolescência e fase adulta também).


Por isso, hoje eu vim indicar 5 filmes que você pode ter assistido na sua infância (ou não) com personagens femininas fortes que moldaram a sua visão de mundo. Vale a pena rever esses filmes e descobrir metáforas que na sua infância não faziam o menor sentido ou só sentir um pouco de raiva por perceber situações que antes não te incomodavam.


Saga Harry Potter


Hermione Granger | Foto: Reprodução.

Se você nunca assistiu a Harry Potter está proibidx de sentar comigo no recreio. A saga que marcou grande parte da minha infância teve sua estreia nos cinemas em 2001 e contava com Emma Watson interpretando a esperta Hermione Granger.


Em Harry Potter e a Pedra Filosofal, primeiro filme da saga, já é possível perceber que a personagem tem papel importantíssimo para o crescimento e desenvolvimento de toda a história. A posição de coadjuvante fica pequena para tamanha inteligência, lealdade e determinação.


Mesmo sendo uma bruxa nascida em família de trouxas, Hermione mostra ao que veio e se impõe durante todos os filmes (e livros), criando uma atmosfera de empoderamento feminino e determinando sua posição como uma das protagonistas da história.


Saga Star Wars


Princesa Leia | Foto: Reprodução.

Preciso confessar que Star Wars não fez parte da minha infância como está fazendo agora na fase adulta. Mas, para quem acompanhou a saga desde criança e tem toda uma história de afeição pelos personagens, tenho certeza que a Princesa Leia faz parte do seu imaginário.


A realidade é que, nos primeiros seis filmes da saga - lançados entre 1977 e 2005 - Leia, embora tivesse grande destaque, também extremamente sexualizada. Um dos exemplos dessa sexualização está na famosa cena em que ela aparece vestida com um biquíni metálico, uma febre entre os anos 80 e 90.


Entretanto, toda essa sexualização foi deixada de lado na nova sequência da saga, lançada entre 2015 e 2019. Vemos um amadurecimento do roteiro em relação à força da personagem, a tornando a grande líder da Resistência.


Para a tristeza de todos os fãs que acompanharam esse crescimento da personagem, a atriz Carrie Fisher, que interpretava a Leia, faleceu em 2016 o que levou os roteiristas a escolherem encerrar a trajetória da personagem no último filme lançado.


As Panteras


'As Panteras' em suas três versões | Fotos: Reprodução.

As Panteras foram um clássico dos anos 2000 e fizeram parte da infância de muitas meninas na época, inclusive da minha. Entretanto, rever os filmes lançados em 2000 e 2000, As Panteras e As Panteras: Detonando nos dias de hoje não me despertou sentimentos tão positivos assim.


Isso porque o filme, embora com três protagonistas femininas interpretadas pelas incríveis Drew Barrymore, Cameron Diaz e Lucy Liu, usava estereótipos que reforçavam um discurso machista, além da hipersexualização das personagens.


Tudo isso, entretanto, parece ter tido um ponto final com o remake do filme que chegou aos cinemas em 2019. Dirigido pela Elizabeth Banks, o filme buscou apagar esses estereótipos e realmente criar personagens que, acima de tudo, são espiãs.


Vale a pena fazer uma maratona e ver como o desenvolvimento de todas as produções que tem As Panteras como personagens principais.


Matilda


Matilda | Foto:Reprodução.

O filme da “Sessão da Tarde” mais querido também está na nossa lista. O clássico Matilda (1996) conta a história de uma criança com poderes mágicos que enfrenta diversas questões com a sua família e dentro da sua escola. As travessuras de Matilda ocuparam a imaginação de diversas crianças durante muitos anos - e talvez até nos dias atuais.


É muito interessante ver o desenvolvimento e (porque não?) empoderamento de uma personagem que era exposta a tantas situações esdrúxulas em todos os ambientes que a permeavam. Matilda é um pontapé para a imaginação de muitas meninas que viam nas mágicas feitas pela personagem uma forma de vencer grandes desafios.


Mulan


Mulan | Foto: Reprodução.

Último filme da nossa lista, mas não menos importante. Mulan (1998) é um “filme de princesa” muito diferente do que estávamos acostumados a assistir durante nossa infância. A princesa nesse filme não estava presa em uma torre ou sendo obrigada a viver com sete anões, Mulan decide se sacrificar pela sua família indo lutar no lugar do seu pai em uma grande guerra.


O filme, diferente de alguns da nossa lista, não envelheceu mal e, nos dias atuais algumas cenas do filme ainda são um retrato da nossa sociedade. Esse é um daqueles filmes que te inspiram a lutar pelo seu lugar e a tomar as rédeas da sua própria vida. Um live-action do filme já está pronto e esperamos a estreia, que foi adiada devido à pandemia de Coronavírus, aconteça ainda em 2020.



Depois desta lista tenho certeza que você já marcou de rever alguns desses filmes. É importante ter em mente que algumas experiências podem ser totalmente diferentes da sua infância, mas, ainda sim, rever algumas cenas que fizeram parte da nossa infância pode ser bem interessante.


____

Listas semanais com dicas selecionadas sobre filmes, séries, músicas, livros e peças teatrais. É nessa categoria que você descobre sugestões do que assistir nas plataformas de streaming ou o que fazer em um dia atoa em casa.