Dia do Chocolate: 6 filmes para os viciados em chocolate

Poucas coisas na vida são mais difíceis do que abrir uma barra de chocolate ou uma caixa de bombom e não querer devorar ela inteira. É preciso muita força de vontade para resistir ao chocolate. Por isso, não é de se estranhar que o doce possua até uma data em sua homenagem. Hoje, dia 7 de julho comemora-se o Dia Mundial do Chocolate.


Assim como Tim Maia já disse em sua famosa música, nós também só queremos chocolate, e quanto mais, melhor. Para celebrar a data de um dos doces favoritos do mundo, nós, que somos chocólatras assumidas, reunimos uma lista de filmes que possuem o chocolate como um de seus personagens principais.


Antes de dar play em um dos filmes, que tal já separar uma cesta recheada de chocolates para não passar vontade depois? Fica a dica!


Chocolate (2000)


Pensa em um filme de uma mãe solo e empreendedora que abre uma loja de chocolate em frente a uma igreja em plena França rural dos anos de 1950? Vianne Rocher (Juliette Binoche) e sua filha de seis anos (Victorie Thivisol) resolvem se mudar para uma cidade rural da França. Lá decidem abrir uma loja de chocolates que funciona todos os dias da semana, bem em frente à igreja local, o que atrai a certeza da população de que o negócio não vá durar muito tempo. Porém, aos poucos Vianne consegue persuadir os moradores da cidade em que agora vive a desfrutar seus deliciosos produtos, transformando o ceticismo inicial em uma calorosa recepção.




A fantástica fábrica de chocolate (2005)


Quando se fala de filme de chocolate é impossível não lembrar desse clássico, não é mesmo? Inspirado no livro de Roald Dahl, o filme conta a história de Willy Wonka (Johnny Depp), um excêntrico dono da maior fábrica de doces do planeta, que decide realizar um concurso mundial para escolher um herdeiro para seu império. Cinco crianças de sorte, entre elas Charlie Bucket (Freddie Highmore), encontram um convite dourado em barras de chocolate Wonka e com isso ganham uma visita guiada pela lendária fábrica de chocolate, que não era visitada por ninguém há 15 anos. Encantado com as maravilhas da fábrica, Charlie fica cada vez mais fascinado com a visita.



Lições de chocolate (2007)


No filme italiano aprendemos uma grande lição: o chocolate adoça as vidas mais amargas. Mattia (Luca Argentero), um executivo com uma promissora carreira está prestes a fechar o maior negócio de sua vida profissional. Tudo vai bem até Kamal (Hassani Shapiro), um empregado contratado ilegalmente, cai de um andaime sofrendo uma fratura óssea e ameaça processar Mattia. Para não denunciar o migrante dá o seu chefe a chance de tomar o seu lugar em um curso avançado para confeiteiro. Esta é a razão pela qual Kamal começou a viajar para a Itália, a esperança de realizar seu sonho de abrir sua própria padaria. Mattia, um iniciante na cozinha, não tem outra escolha a não ser tomar o lugar de Kamal na escola e fingir ser ele. Em meio de risos e receitas deliciosas, Mattia descobre a maneira de juntar duas culturas diferentes.



Mary e Max - Uma amizade diferente (2009)


E tem animação na lista também, viu? No filme vencedor do Oscar, Mary Daisy Dinkle (Toni Collette) é uma menina solitária de oito anos, que vive em Melbourne, na Austrália e Max Jerry Horovitz (Philip Seymour Hoffman) tem 44 anos e vive em Nova York. Mesmo com tamanha distância e a diferença de idade existente entre eles, Mary e Max desenvolvem uma forte amizade, através de cartas e chocolates que transcorre de acordo com os altos e baixos da vida.



Românticos anônimos (2010)


Mais uma fábrica de chocolate na lista! O filme é uma comédia conta a história de Angélique Delange (Isabelle Carré) uma talentosa confeiteira, que faz chocolates requintados reconhecidos por público e crítica especializada. Entretanto, como fica ansiosa quando olham para ela, Angélique prefere o anonimato e finge ser apenas uma entregadora. Sem emprego, ela consegue trabalho na Fábrica de Chocolates, que está à beira da falência. Só que, ao contrário do que imaginava a princípio, consegue a vaga de representante comercial da empresa. Ela pensa em pedir a mudança de cargo, mas é surpreendida com o convite para jantar de Jean-René Van Den Hudge (Benoît Poelvoorde), dono da empresa. O problema é que Jean-René, assim como Angélique, é extremamente tímido e possui muitas dificuldades em manter contato com outras pessoas.



Amor, romance e chocolate (2019)


O filme é uma comédia romântica que mistura chocolate e viagem, quer coisa melhor? Na história, a contadora Emma Colvin (Lacey Chabert) fica com o coração partido quando o namorado a deixa antes da viagem romântica planejada para a Bélgica no Dia dos Namorados. Convencida por uma amiga a ir sozinha, Emma se encanta quando sua hospedeira belga a apresenta ao renomado chocolatier, Luc Simon (Will Kemp).




____




Listas com dicas selecionadas sobre filmes, séries, músicas, livros e peças teatrais. É nessa categoria que você descobre sugestões do que assistir nas plataformas de streaming ou o que fazer em um dia atoa em casa.