Crítica: o que achamos de "Revelación"? Confira tudo sobre o novo EP de Selena Gomez em espanhol

Um pouco depois de comemorar um ano de seu último lançamento musical, com o álbum "Rare" (2020), Selena Gomez disponibilizou nesta sexta-feira (12) seu mais novo EP, "Revelación", gravado quase totalmente em espanhol. Das sete faixas, já conhecíamos três - "De Una Vez", "Baila Conmigo" e "Selfish Love" -, sendo que as duas últimas estão já no Top 100 do Spotify. Mas, afinal, o que levou Selena Gomez, depois de anos na carreira da música, apostar em lançamentos em espanhol? Até então, o máximo que tínhamos visto da cantora foram versões de singles em inglês, traduzidos para a língua.


Além do grande sucesso que a música espanhola está, sem dúvidas, fazendo no cenário atual, Selena afirmou, em entrevista para Apple Music, que essa já era uma vontade antiga. "É algo que quero fazer há mais de dez anos, porque tenho muito orgulho da minha herança latina e eu genuinamente queria que isso acontecesse", disse Gomez ao entrevistador. O sangue latino, de fato, habita nas veias da cantora, que possui parentes mexicanos e foi batizada em homenagem a Selena Quintanilla, uma das maiores artistas que cantavam em espanhol nos Estados Unidos.


A crescente atenção que músicas de ritmos latinos e em espanhol estão recebendo foi apenas um adicional à vontade de Selena, que afirma que acredita que sua voz soa melhor na outra língua. "É o momento perfeito para isso. E com toda a divisão que está acontecendo no mundo, tem algo na música latina que faz as pessoas, de maneira geral, sentirem algo, sabe?". E, de fato, o álbum de Selena é recheado de sentimentos, emoções intensas e paixões - tanto na letra, quanto na própria performance.

Selena Gomez é a capa de março da Vogue americana | Foto: Reprodução / Vogue USA

Selena Gomez aposentada?


Há poucos dias do lançamento do EP, Selena Gomez causou polêmica ao revelar, para a Vogue americana, que cogitava se aposentar na música... Quê? Bom, a cantora revelou que não acredita que tenha a melhor voz do mundo, porém, se conecta emocionalmente e realmente vê valor em suas canções. Mas para os críticos musicais, isso nem sempre é suficiente. "Em vários momentos, pensei: 'qual é a razão? Por que continuo fazendo isso?' [...] Senti que 'Lose You to Love Me' foi a melhor música que lancei, mas para algumas pessoas, ainda não é o bastante", afirmou Gomez à revista.


A faixa citada, inclusive, foi responsável pelo primeiro #1 na lista da Billboard de sua carreira, mas muita gente da área ainda preferiu frisar a fraqueza vocal da artista. Mas ainda não é hora de se desesperar! Selena disse, também, que sabe que existem muitas pessoas por aí que curtem seu trabalho e que é grata por elas. A cantora ainda afirmou que vai dar mais uma chance para a música - com outro álbum depois de "Revelación" - antes de tomar uma decisão.


Tudo indica que o trabalho em espanhol será um marco em sua carreira e, com certeza, poderá afetar essa escolha. Continuamos aqui na torcida!


"Revelación" traz equipe latina em peso


Não só de músicas em espanhol se faz a Era Revelación. Além de exaltar o ritmo e a língua, Selena Gomez fez questão de trazer muitos profissionais latinos para trabalhar com ela nesse projeto. Os produtores focados em música latina Tainy, Edgar Barrera e Elena Rose foram alguns dos grandes responsáveis pelo resultado final. Além disso, duas parcerias do álbum são com artistas porto-riquenhos - Rauw Alejandro e Myke Towers -, que colaboraram nas faixas "Baila Conmigo" e "Dámelo To", respectivamente.


Mas não só na produção das faixas o sangue latino foi exaltado, não. Por exemplo, as fotos incríveis da capa e do encarte do EP, disponíveis também nos lyric videos foram feitas por uma fotógrafa super conceituada no meio, Camila Falquez, que possui herança colombiana e mexicana. Além disso, os brasileiros também ajudaram Selena nessa nova fase - afinal, não falamos espanhol, mas somos latinos sim!


O clipe de "Baila Comnmigo", por exemplo, tem mais brasileiro na produção do que muitos trabalhos da Anitta, rs. O diretor foi Fernando Nogari, a dançarina e estrela do vídeo foi Ariana Aparecida e as cenas foram todas gravadas no Ceará. E não termina por aí. O clipe, super criativo, de "Selfish Love" foi dirigido pelo carioca Rodrigo Saavedra. Ou seja, Selena adora um trabalho brasileiro, né?

Qual a sua música preferida de "Revelación"? | Foto: Reprodução / Camila Falquez

Faixa por faixa


Com pequenas previews das músicas inéditas em seu Instagram, a artista já mostrava o que estava por vir: um EP dançante, apaixonado e com muita inspiração na cultura latina. Confira nossa opinião breve sobre cada faixa do novo EP!


1. De Una Vez

A música mais calma e em ritmo romântico de todo o EP foi o primeiro single divulgado na nova era. Nela, é possível ouvir com clareza a potência de Selena, destacando aspectos suaves e melódicos de sua voz. A letra, por si só, já vale a faixa: um hino de independência e liberdade, bem no estilo de "Lose You to Love Me".


2. Buscando Amor

Logo em seguida, "Buscando Amor" vem para mostrar a vertente animada e mais dançante do álbum. A batida, bem característica da música latina, combina com a voz de Selena, que, mais uma vez, canta toda a letra em espanhol. A narrativa fala sobre dançar, se divertir, mas sem se apegar ou se apaixonar. Muitas menções à cultura latina, como o próprio reggaetón, marcam a canção.


3. Baila Conmigo feat. Rauw Alejandro

Mais uma para dançar até amanhã é "Baila Conmigo", segundo single divulgado de "Revelación". A letra aborda um casal no qual um fala espanhol e o outro não - porém, curiosamente, em nenhum momento outra língua é usada na música. Ritmo sensual, bem característico da visão latina. O clipe, gravado no Brasil, mostra cenários típicos de vários países da America Latina, deixando ainda mais fácil se conectar com a canção.


4. Dámelo To feat. Myke Towers

Talvez a faixa mais pop do EP, foi uma que fez sucesso na época em que Selena divulgava apenas pequenas prévias de cada canção. Com refrão chiclete e gostoso, seguido também por versos em rap em espanhol, é definitivamente uma música que fica na cabeça - de um jeito positivo. Acredito que o vocal suave de Gomez também merece destaque nesta faixa.


5. Vicio

Em um ritmo mais lento do que as últimas canções, "Vicio" também acentua as raízes pop de Selena, sem perder a latinidade, principalmente em seu refrão. Um contraste interessante levando em conta a melodia agitada, tanto de "Dámelo" como "Adiós". Conseguimos ver, assim como "De Una Vez", outro lado da música latina, mais romântico.


6. Adiós

Avisa que a rainha chegou! Brincadeiras a parte, "Adiós" foi, logo de cara, uma das minhas preferidas de "Revelación". Mais uma vez, a temática de independência após relacionamento conturbado marca presença na faixa. Ideal para dançar e curtir com as amigas (no pós-pandemia, hein?).


7. Selfish Love feat. DJ Snake

Única com título inglês, "Selfish Love" vem em parceria com o francês DJ Snake e partes da letra também na língua americana - sendo a exceção do álbum. Foi a terceira divulgada antes do lançamento e é fácil perceber que é a que menos abraça a latinidade - tanto pelo nome da faixa, quanto pela escolha do feat. Mas não deixa de ser igualmente boa, principalmente pelo clipe.


Confira "Revelación", na íntegra:


____


Quer saber nossas impressões sobre diversas obras das mulheres na cultura? Cinema, música, literatura, teatro e muito mais. Tudo isso na categoria “Crítica”.