top of page

Crítica: 3ª temporada de "Love Death & Robots" se supera com muito sangue

A terceira temporada de Love Death & Robots chegou completa à Netflix nesta sexta-feira (20) com mais histórias que deixam o público doido procurando a explicação na Internet logo depois. A série continua no formato mais “enxuto” da temporada anterior, trazendo nove novos episódios que podem ser devorados, de uma só vez, em pouco mais de duas horas.

A nova temporada é claramente a mais sangrenta de todas — parece que eles levaram o “death” no título a sério até demais —, e alguns episódios apresentam a temática semelhante de ataque de seres desconhecidos (como um urso geneticamente modificado, um bicho mitológico do mar e aranhas alienígenas). Ainda assim, em meio a muito sangue e violência gráfica, as lições de moral, críticas sociais e filosofias de Love Death & Robots seguem presentes e atuais (a piadinha sobre Elon Musk em Os três robôs foi ótima, admite!). Inclusive, não tem como deixar de notar que alguns episódios fizeram a mesma denúncia à ganância humana, como Enxame e Fazendeiro.


Contudo, vale apontar que ainda há episódios que existem só por existir, como Noite dos minimortos. É bom que a série mantenha esse espaço para histórias mirabolantes e também para experimentos curiosos despretensiosos, porque é justamente por essa razão que, com tantos cancelamentos de histórias “diferentonas”, Love Death & Robots se mantém como uma espécie de antítese a tudo o que estoura na Netflix. Os finais não entregam o que esperamos, os enredos são ousados e às vezes “fumados” demais, mas a série encontra sucesso preenchendo o vazio que Black Mirror deixou.


Diferente da segunda temporada, que me deixou com uma sensação estranha de que faltava algo nos enredos dos curtas para finalizá-los corretamente, essa nova leva de episódios amarram bem as histórias, mesmo que de forma inusitada. Por ser uma antologia (tipo Black Mirror), segue a questão de poder assistir às animações na ordem que bem preferir, com exceção de um episódio em especial: o episódio Os três robôs traz de volta os personagens da primeira temporada, então é legal já saber quem são eles (apesar de isso não afetar muito o entendimento da história).


Vou deixar aqui o meu ranking de episódios dessa temporada por ordem de preferência:


  1. Fazendeiro

  2. Os três robôs

  3. Ratos de Mason

  4. Viagem ruim

  5. O mesmo pulso da máquina

  6. Enxame

  7. Sepultados na caverna

  8. Matança em grupo

  9. Noite dos minimortos

____


Quer saber nossas impressões sobre diversas obras das mulheres na cultura? Cinema, música, literatura, teatro e muito mais. Tudo isso, duas vezes por semana, na categoria “Crítica”.

Comments


bottom of page