Artistas divulgam manifesto contra as declarações de Regina Duarte

As declarações dadas pela Secretária Especial da Cultura, Regina Duarte, na última quinta-feira, 07/05, em entrevista à CNN Brasil geraram polêmica e repercutiram bastante nas redes sociais e na imprensa de modo geral.


Na entrevista em questão, a secretária saudou o regime de Ditadura Militar vivido no país, minimizou as mortes que ocorreram no período, além de não apresentar nenhuma proposta para reduzir os danos causados à classe dos artistas em decorrência do isolamento social. Confira abaixo a entrevista na íntegra:



A gestão de Regina vem sendo questionada por diversos setores do meio cultural exatamente pela falta de propostas que visam melhorias para todo a classe. Em março deste ano, ainda no início da quarentena, representantes do setor musical já cobravam algum projeto da por parte da secretária.


No manifesto, que foi assinado por mais de 500 artistas de diversas áreas, atores, escritores, cineastas, músicos, dançarinos, fotógrafos, compositores, artistas plásticos e roteiristas, os signatários expressaram a sua insatisfação com as falas dadas na entrevista.


O grupo pediu respeito ao artistas que já morreram, por decorrência da pandemia do coronavírus ou durante a Ditadura Militar, e também aos que continuam lutando “pela própria sobrevivência no país devastado pela pandemia e pela nefasta ineficiência do poder público”.


Confira a íntegra do manifesto:


“Brasil, 08 de maio de 2020


Somos artistas brasileiros e fazemos parte da maioria de cidadãs e cidadãos que defende a democracia e apoia a independência das instituições para fazer valer a Constituição de 1988.


Fazemos parte da maioria que entende a gravidade do momento que estamos vivendo e pedimos respeito aos mortos e àqueles que lutam pela própria sobrevivência no país devastado pela pandemia e pela nefasta ineficiência do poder público.


Fazemos parte da maioria de brasileiros que não tolera os crimes cometidos por qualquer governo, que repudia a corrupção e a tortura e que não deseja a volta da ditadura militar.


Fazemos parte da maioria que não aceita os ataques reiterados à arte, à ciência e à imprensa, e que não admite a destruição do setor cultural ou qualquer ameaça à liberdade de expressão.


Como artistas, intelectuais e produtores culturais, formamos a maioria que repudia as palavras e as atitudes de Regina Duarte como Secretária de Cultura.


Ela não nos representa.”


___


Com atualizações diárias, a categoria 'Notícias' é para quem quer ficar por dentro de tudo o que acontece com as mulheres (e para as mulheres) dentro do mundo da cultura.