5 produtos sexuais para quem quer começar a usar

Enquanto uns morrem de vergonha, outros falam sobre o assunto na maior naturalidade. A sexualidade ainda é, de fato, um dos grandes tabus da sociedade contemporânea. Por esse motivo, entrar no universo de uma "sex shop" é uma tarefa um tanto quanto complicada para muitos e ao surgir a ideia de adquirir produtos eróticos muitas dúvidas aparecem. Afinal, por onde começar?



Nós do Telas Por Elas, abordamos frequentemente assuntos como estes em nossos textos do Taburóloga e acreditamos fielmente que falar sobre sexo e todas as questões que este tema envolve pode ser algo libertador. Para ajudar nossos leitores a se desprender de todas as amarras que um dia os fizeram pensar que uma conversa sobre sexualidade é algo errado, que nos unimos com a sex shop Dona Oncinha, em uma parceria que com certeza renderá muito conhecimento à todos.


No texto de hoje, conversamos com a fundadora da Dona Oncinha, Dandara de Mendonça sobre o universo erótico e também reunimos algumas dicas para quem deseja começar a consumir esses produtos.


Dandara de Mendonça já participou de um outro texto em nosso blog sobre os sex shops e brinquedos sexuais. Leia também!


Preconceitos com os produtos sexuais


A pandemia do novo coronavírus trouxe um impacto positivo para o mercado erótico, segundo dados da Associação Brasileira de Empresas do Mercado Erótico, o número de vendas teve aumento de 12% no último ano. Mas ainda assim, a imagem negativa que os produtos desse universo possuem, infelizmente, ainda está longe de acabar.


De acordo com Dandara, os itens desse mercado não são tão usados quanto deveriam por estarem diretamente ligados a erotização, ao invés de serem vistos como algo relacionados a sexualidade. "Infelizmente os produtos eróticos ou sextoys são vinculados a pornografia e não como objetos para estimulo sexual e autoconhecimento. O sexo faz parte da nossa vida e já foi comprovado o quão bem faz para a nossa saúde." explica.


Os preconceitos com o universo envolto da sexualidade são inúmeros. Ainda segundo a sócia da Dona Oncinha, o maior prejulgamento que as pessoas direcionam para esse tipo de mercado é tratar como se fosse algo errado e proibido. "Não é ilegal! Não é proibido! Os produtos são fabricados por empresas legalizadas e possuem certificação. A minha empresa é legalizada e está enquadrado no ramo de cosméticos e vestuário íntimo. Isso mesmo, nem eu e nem você estamos fazendo nada ilegal. Seja feliz e conheça seu corpo, sinta prazer sem culpa!" exclama.


Por onde começar?


Se você nunca usou um produto sexual, saiba que a Dandara reservou algumas dicas para quem quer começar. "Experimente e não tenha vergonha! Geralmente a vergonha está mais ligada ao que o outro vai pensar do que realmente a usar um produto. Quando você quer comprar um sabor diferente de biscoito no supermercado, você vai lá e compra, experimente e depois analisa se foi bom ou não. O sex shop é a mesma coisa! Você adquire o produto, experimenta e analisa se pra você realmente foi prazeroso. Não existe motivos para ter vergonha de experimentar um produto. A vergonha está muito mais ligada a cultura que trata esse assunto como um tabu. E este tabu vem sendo quebrado por sexólogas, empresas de sex shop e outros profissionais que falam abertamente sobre sexo." finaliza.


Confira 5 produtos da Dona Oncinha para quem deseja começar a experimentar produtos de sex shop!


Colar tailandês

Também conhecido como bolinhas tailandesas, o colar tailandês é um dos artigos eróticos que ajudam na prática do pompoarismo, uma série de técnicas que melhoram a capacidade de controlar a contração e o relaxamento dos músculos vaginais.


Sendo assim, Dandara explica que além de proporcionar prazer, esse produto consegue trazer inúmeros benefícios para a saúde da mulher. Bem como: fortalecimento dos músculos da vagina, ajuda no tratamento da incontinência urinária, melhora a lubrificação na menopausa, diminuição das cólicas menstruais, aumenta a libido, aumenta a produção de feromônios e auxilia no tratamento do vaginismo.


Lubrificante comestível

Os lubrificantes comestíveis são óleos de massagem com diferentes sabores que podem esquentar ou esfriar quando em contato da pele. Por esse motivo, o produto serve como um simples óleo de massagem e também como um lubrificante para a hora do sexo.


Dandara pontua que os lubrificantes comestíveis podem ser ótimos para apimentar a relação a dois e ainda dá uma dica: "É maravilhoso pra quem gosta de sexo oral. É delicioso com sensação quente ou fria."


Algemas

As algemas fazem parte dos produtos clássicos de toda sex shop. É um acessório que pode ajudar a apimentar a relação, sendo ótima tanto para as preliminares quanto para o sexo. Segundo a fundadora da Dona Oncinha, o acessório é bastante usado por quem curte sadomasoquismo e para quem está começando agora, através do uso das algemas pode começar a experimentar as práticas.


Vibrador líquido


"Esse produto é maravilhoso para quem quer ter uma experiência diferente!" explica Dandara. O vibrador líquido é um gel excitante unissex que causa a sensação de pequenos choques, podendo ser usado na masturbação como também durante a relação sexual. Após a aplicação, em poucos minutos será possível sentir um leve formigamento que irá evoluir até proporcionar choques na região aplicada.


Vibrador golfinho



"O vibrador golfinho, ou ponto G, é ideal para quem nunca usou um vibrador antes." pontua a fundadora da Dona Oncinha. Por ser feito com material resistente, pequeno e de aparência discreta, o produto pode ser levado na bolsa tranquilamente.


Esse vibrador é conhecido também como "ponto G" pois possui uma ponta levemente curvada que com toque suaves e aveludados consegue estimular o ponto g e o clitóris.


Agora você já sabe por onde começar a usar produtos sexuais. Mas sabe o melhor de tudo? A Dona Oncinha disponibilizou 10% de desconto para os nossos leitores usando o código TELAS10. Então, aproveita e garanta os seus produtos, nós temos certeza que você vai amar!


____



Listas com dicas selecionadas sobre filmes, séries, músicas, livros e peças teatrais. É nessa categoria que você descobre sugestões do que assistir nas plataformas de streaming ou o que fazer em um dia atoa em casa.